terça-feira, maio 27

terça-feira, maio 13

O jogo do bicho

Eu: Nossa, mas deu pouco dinheiro demais na loteria esportiva.

O Curioso: Antes, com 13 pontos a pessoa ficava rica.

Curioso para Expert em Loteria Esportiva: Por que a Loteria esportiva caiu tanto, cê que é um expert nisso?

Expert em Loteria Esportiva: Futebol brasileiro tá acabado.

O Curioso: Mas é que tem muitos outros jogos hoje, antes era só loteria, esportiva e federal.

Eu: e jogo do bicho...

O Curioso para Expert em Loteria Esportiva: Ainda existe jogo do bicho?

Expert em Loteria Esportiva: Cê sabe que foi totalmente proibido, né? Mas existe. É igual maconha, num pode, mas dá pra descobrir onde tem, sempre tem uns cantinhos aí, sabe?

Eu (decreto): Ah, num tem jeito de acabar com jogo do bicho, não.

Expert em Loteria Esportiva: Ó, jogo do bicho, prostituição e droga nesse país... num acaba nunca.

O Curioso para Expert em Loteria Esportiva: Qual cê acha dos três que tem mais chance de ser legalizado?

Expert em Loteria Esportiva: Pra mim, maconha e jogo do bicho podia ser legalizado, desde que eles dessem dinheiro pra instituição de caridade.

Eu: humm, acho que eles vão preferir do jeito que tá, hein...

Expert em Loteria Esportiva: Olha, falar um negócio procê... Eu vi isso, a companhia de água e esgoto entrou com um processo contra a Sociedade São Vicente de Paula...

Eu: Ah, não, é? Falta de pagamento?

Expert em Loteria Esportiva: Sabe quanto que é? Dois mil reais.

Eu: E eles cortaram a água deles?

Expert em Loteria Esportiva: Isso eu num sei... mas ó, velho nesse país é o mais maltratado do mundo.

Eu: E nem jogo do bicho eles podem jogar... num tem dinheiro, é ilegal...

Expert em Loteria Esportiva: Não, nem isso podem, não.

sexta-feira, maio 9

Underwater love

Ex-vizinha: Oi!

Minha mãe: E aí, tá boa?

Ex-vizinha: Eu tô aqui mostrando pra ele onde eu morava antes...

Minha mãe: ah...

Ex-vizinha (apresentando):Olha, essa era a minha melhor amiga aqui.

Minha mãe (pro cara): Oi, como que vai?

Ex-vizinha:Então, ele é o namorado que arrumei... bonitão né?

Minha mãe: rarara, ah é... um peixão.

quinta-feira, maio 8

Do tempo que a vó andava de calcinha

Eu: Pode digitar a senha?

Cara da lanchonete: Não, não...

Eu: !?

Cara da lanchonete: Esse é do tempo que minha vó andava de calcinha.

Eu: Ah, é? Num digita...

Cara da lanchonete: ...é do tempo que minha vó andava de calcinha... até cartão com o chip cê tem que passar assim (gesticulando)...

Eu: Tem que assinar então?

Cara da lanchonete: Tô te falando, é do tempo que minha vó andava de calcinha.

Eu: Cara, e sua vó anda de que hoje?

Cara da lanchonete: Hoje nem anda mais, ela morreu... brigado, boa noite procê.